Mendoza: prazeres do bem-estar

Pedras aquecidas e cosméticos à base de uva compõem os tratamentos dos spas da região.

Mendoza, pode-se dizer, vem ganhando admirados que vão além das experiências com vinho. É claro que os vinhos ainda são as estrelas, mas spas e atividades ligadas ao bem-estar têm surgido cada vez mais, como um detox perfeito aos excessos etílicos e gastronômicos.

No hotel The Vines, as sessões são minustradas em um deck sobre um lado, com vista para os vinhedos. A convidativa piscina do resort também também funciona praticamente como um relaxamento em si. Por razões óbvias, a vinoterapia é o tratamento mais encontrado. Ricas em polifenol (substância antioxidante), os cosméticos feitos com a uva ajudam a prevenir o envelhecimento precoce.

Aberto também aos hóspedes, o spa do Cavas Wine Lodge tem o "express wine therapy", que combina esfoliação com sementes de malbec, seguido por banho com extrato de uva bonarda e uma massagem com óleos essenciais, Como se não fosse o bastante, o spa Kumelkan tem, além da vinoterapia, uma massagem desestressante com pedras aquecidas.

Dentro do hotel Entre Cielos é possível experimentar os efeitos de um típico hamman, o ritual do banho turco. Os visitantes se alternam entre saunas aromatizadas com ervas e banhos em uma piscina de água quentinha. É uma atividade muito social, para se fazer em grupo, além de deixar a pele renovada e o espírito tranquilo.

Mas para se sentir totalmente nos Andes, é preciso seguir até Termas de Cacheuta, um hotel-spa, a pouco menos de 1h de Mendoza, e que também funciona em esquema de day-use. Encravado em um vale, às margens do Rio Mendoza, o lugar se concentra piscina de pedras com águas termais que criam a moldura perfeita para passar horas contemplando a paisagem.