A Copa do Mundo Russia 2018

O país dos czares e do balé se prepara para sediar a sua primeira Copa do Mundo. A partir do dia 14 de junho de 2018, 31 seleções se juntarão na Rússia para o maior campeonato mundial de futebol.

Ao todo serâo 11 sedes, com 12 estádios diferentes - dois deles em Moscou. Além da capital, cidades importantes como São Petersburgo, Kazan e Sochi, que sediou a Olimpíada de Inverno de 2014, receberão os jogos. Todas as sedes estão na parte europeia da Rússia, porém, por ser um país de dimensões continentais, é preciso planejamento com as logísticas, hospedagens e documentação para evitar, assim, qualquer imprevisto.

Há a alternativa de voar, pagando um pouco mais, ou optar pelos trens, que na Rússia não são tão rápidos, mas que vão acabar sendo a melhor forma de deslocamento interno. A boa notícia é que Moscou e São Petersburgo, as duas principais cidades dos jogos, estão interligadas por um trem-bala. A viagem dura aproximadamente quatro horas.

O estádio Luzhniki, em Moscou, com capacidade para 81 mil espectadores, será o principal palco do Mundial. Além da grande final, o estádio da capital abrigará a abertura, uma semifinal, uma oitava de final e mais três jogos da fase de grupos. Já o menor estádio da Copa, com 35.212 lugares, fica em Caliningrado - trata-se de um enclave situado entre a Lituânia e a Polônia, sem conexão direta com o território russo.

Não é aconselhado alugar carro, por conta do movimento caótico nas grandes cidades e também pelos motoristas russos que ganharam a fama de serem pouco habilidosos no trânsito. lig

O importante é que o torcedor, que for acompanhar de perto a Copa do Mundo, vai descobrir uma Rússia que encanta e impressiona. As cidades que sediarão os jogos são de tirar o fôlego. Além dos estádios, e dos próprios jogos, as cidades oferecem aos turistas ótimas opções de passeios e lugares históricos.

Os dois principais destinos, Moscou e São Petersburgo, são tão atraentes como distintas entre si. Em ambas, o retrato de uma história longa e marcante está estampado nos seus palácios, igrejas, ótimos restaurantes e uma vida cultural agitada, com teatros e concertos de altíssimo nível.

Em Moscou, o próprio metrô será uma atração à parte. Organizado por cores, o metrô abrange toda a cidade, do Kremlin ao lugares mais distantes. Há ainda uma Moscou ao ar livre a ser explorada. A capital tem alguns dos pontos turísticos mais conhecidos do Leste Europeu, como a Praça Vermelha e a Catedral de São Basílio, um verdadeiro cartão postal mundo afora.

São Petersburgo, a cidade dos czares, tem como grande atração o museu Hermitage, um dos mais importantes do mundo dado o seu acervo histórico. Entre um jogo e outro, não deixe de visitar o Palácio de Inverno, construído no século XVIII, que serviu de residência para os czares e ocupado, em 1917, como quartel-general dos Bolcheviques durante a Revolução Russa. A segunda maior cidade da Rússia é encantadora, limpa e organizada, onde o novo e o velho convivem em harmonia e encantam na mesma proporção.

Faltam apenas alguns meses e, se você deseja estar na Rússia quando a bola rolar, agora é o momento de começar a se planejar. Prepare-se para vivenciar o maior evento do futebol mundial em estádios modernos e em um clima único que apenas a Rússia poderá te proporcionar. Sonho, futebol, cultura e história agora ocupam o mesmo lugar.

Conhecer o maior país do mundo pode ser uma odisséia de obstáculos, mas nós temos os melhores operadores locais a nosso serviço nossa para você aproveitar com todo conforto e tranquilidade a Copa do Mundo na Rússia. Fale com a IL Benessere.